2018, um ano de dores, aprendizados e conquistas.

14:34


           Dois mil e Dezoito não foi um ano nada fácil, mas com certeza me trouxe muitos aprendizados, e eu sou muito grata por isso. Logo no início do ano eu terminei um namoro, e foi algo muito difícil de lidar no início, sinceramente eu não lembrava mais como era ser solteira e foi assim por alguns longos meses. Mas nesse tempo sozinha pude me redescobrir, pude ser minha própria companhia, pude ter minha liberdade de volta. Mas confesso que me isolei bastante. O tempo passou e eu resolvi me dar a chance de conhecer uma nova pessoa. Pois é, eu me apaixonei, não lembrava mais como era esse sentimento avassalador que me pegou de repente, e aí que estava o perigo, me deixei levar por algo que só existia na minha cabeça, assim mergulhei profundamente em um rio de águas rasas, e me machuquei. Naquele momento eu só pensava em me livrar daquela dor e deixar de ser aquela garota ingênua. Foi aí que eu cometi o pior erro de todos, deixar de ser eu mesma para agradar os outros, para tentar me enquadrar em algo que eu não era. Eu depositei toda a minha felicidade em uma pessoa. O que só me fez sofrer ainda mais. Já era por volta de novembro e eu só pensava em tentar terminar o ano bem. Mas a vida é uma caixinha de surpresas, porque no momento da minha maior dor e ao mesmo tempo no momento que eu estava mais confiante em voltar a ser eu mesma e voltar a ser feliz com a minha companhia, com os meus pais, com as minhas amigas, e focar nos meus objetivos, foi nesse momento que ele apareceu. No início eu tive muito medo, claro, depois de tudo que aconteceu durante o ano eu não podia sofrer mais uma decepção. Mas aí as coisas foram acontecendo e eu percebi que com ele as coisas eram diferentes, eram leves, eram fáceis. Era tão fácil que eu nem conseguia acreditar, confesso que ainda não acredito completamente. Era a calmaria depois da tempestade de emoções que foi aquele ano. Mas dessa vez eu soube que minha felicidade dependia de muito mais do que aquele sentimento, que era apenas um complemento, um presente. Então o ano acabou bem, e muito melhor do que eu esperava. 

2018 foi o ano em que eu ganhei um cachorro, que era o meu sonho de anos, eu descobri um amor que eu nem sei explicar. 

Em 2018 eu consegui o estágio que eu tanto queria, e agradeço todos os dias por isso, mesmo que seja cansativo, mas no final das contas vale a pena.

Em 2018 eu consegui passar em todas as matérias da faculdade, com muito esforço e dedicação.

Em 2018 eu me decepcionei muito com algumas amizades, mas acima de tudo eu descobri quem eram as minhas verdadeiras amizades e fortaleci elas.

Em 2018 eu descobri uma versão de mim que eu nem sabia que existia, mas que estava ali, e de certa forma isso foi bom para o meu crescimento. 

Em 2018 eu tomei uma atitude muito difícil, que foi desativar o meu canal no YouTube, o que não foi nada fácil. Eu também me afastei do blog, por sentir que faltava inspiração. Mas foi algo que eu sentia que precisava fazer.

Em 2018 eu ri, eu chorei, eu cometi erros. Em 2018 eu cresci. E eu comecei 2019 totalmente renovada, alegre, sonhadora e com uma vontade imensa de viver cada dia desse novo ano e descobrir o que está por vir. 


Um feliz 2019!

  • Share:

You Might Also Like

0 Comentários