Indicação: Se eu ficar

14:20

Oi gente, tudo bom? Eu comecei esse post pensando em escrever uma resenha, mas não estava saindo como eu gostaria. Vi também que algumas pessoas já tinham feito, então acabei enrolando e esse post ficou um tempão nos rascunhos hahaha. Como eu gostei muito do livro, não queria deixar de falar sobre ele aqui no blog, e decidi que vou apenas comentar minhas impressões dele, então espero que gostem, e se quiserem saber mais é só continuar lendo:
Sinopse: "A última coisa de que Mia se lembra é a música. Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas."

224 páginas | Autora: Gayle Formam | Editora: Novo Conceito
Acho que muita gente já deve ter ouvido falar no filme e livro "Se eu ficar", mas nunca é demais falar mais um pouquinho né? hahaha. Primeiramente, não, eu ainda não assisti ao filme, e claro que eu não vejo a hora de assistir (Sky passa esse filme, por favor). Amo ver filmes em que eu li o livro, é muito mágico ver tudo que a gente leu e imaginou criando formas e cores. Se você leu a sinopse e se interessou pela história da Mia, recomendo mesmo a leitura desse livro. Todos os bons leitores sabem que assistir ao filme nunca é a mesma coisa, no livro você consegue realmente saber o que o personagem está pensando e sentindo. Enfim, vou parar de enrolar e dizer logo o que eu achei.

Bom, esse é um livro bem fácil de ler, você rapidamente se envolve na história e vive o drama da personagem. Eu sempre acabava me colocando no lugar dela e imaginando como eu agiria na situação em que ela estava. Apesar do "enredo dramático", é um livro bem leve e que da vontade de ir logo para as últimas páginas e descobrir o que vai acontecer, sabe? Ele não é aquele livro que você vai passar o tempo inteiro chorando e aflito, em alguns capítulos eu até esquecia sobre o "tal acidente".
Enquanto eu lia refleti algumas vezes sobre o quanto eu devo ser grata a tudo que tenho, a minha vida, minha família. Às vezes acontece alguma coisa na qual pensamos ser o fim do mundo, mas a verdade é que devemos valorizar as coisas pequenas, e o livro demonstra isso, só que nas entrelinhas, (claro que não da forma clichê como eu disse hahaha) e isso foi o que eu mais gostei nele.

Bom gente, espero que tenham gostado das minhas impressões sobre o livro, me digam se vocês já o leram ou ficaram com vontade. Beijos!

  • Share:

You Might Also Like

3 Comentários

  1. Já vi o filme e to louca pra ler o livro!

    http://meumundo-corderosaa.blogspot.com.br/2015/01/regras-que-eu-vou-seguir-em-2015.html

    ResponderExcluir
  2. Nunca ouvi falar do filme e nem do livro pra dizer a verdade.. Mas a história parece ser interessante, sempre é bom ler algo que nos faça refletir a vida!
    Beijos, seguindo.

    Diva de Brechó

    ResponderExcluir